Google

segunda-feira, janeiro 08, 2007

OS 10 DESENHOS MAIS CHATOS

Dê acordo com, um site os 10 desenhos mais chatos são esses :
Os 10 personagens mais chatos dos cartoons
Esqueça os super-heróis, os caras engraçados e as duplas dinâmicas: no mundo
dos desenhos animados, o que não falta é mala-sem-alça! Vasculhamos o
universo dos nerds certinhos, dos pessimistas incorrigíveis e dos
astros insuportáveis para montar este ranking. Difícil foi escolher só
dez...

Por Sidney Gusman

10- ASH

DESENHO: POKÉMON

ANO DE ESTRÉIA: 1998

Tá certo que tem muita gente que gosta do Ash, mas vamos combinar
que esse candidato a mestre Pokémon mereceu cada choque do trovão que o Pikachu lhe deu!

Ele é chorão, tem uma voz de taquara rachada e faz caras e bocas
quando perde uma batalha. Para piorar, montou uma caravana de
desocupados juvenis. Alguém devia mandar Ash, Misty, Brock, Max, May e
Tracey de volta para a escola!


CURIOSIDADE: Para ganhar o boné da Liga Pokémon, Ash mandou 1 milhão
de cartas. Devem ter dado o prêmio para ele parar de encher...

9- FELÍCIA

DESENHO: TINY TOONS
ANO DE ESTRÉIA: 1990

Imagine uma garotinha de 12 anos, que ama intensamente os animais. Coisa meiga, né?
O problema é que a menina em questão é Felícia, que mostra seu
sentimento abraçando - ou melhor apertando, esmagando, espremendo e
quase triturando suas "vítimas". Ela tem vários bichinhos de estimação
em casa, mas a gente aposta que eles prefeririam estar numa solitária.

CURIOSIDADE: Com o fim de Tiny Toons, a amassadora de bichinhos ganhou outra chance no desenho Pinky e Cérebro, de 1998.

8- BATMIRIM

DESENHO: AS NOVAS AVENTURAS DE BATMAN
ANO DE ESTRÉIA: 1977

Quem vê os desenhos show do Batman desde a década de 1990 não imagina as tosqueiras que o morcegão encarou.
A maior delas foi o Batmirim. Esse duende de outra dimensão era fã da dupla dinâmica e tentava sempre ajudar.

O problema é que o comédia só atrapalhava, com truques de mágica que davam errado e colocavam os bandidos em vantagem.

CURIOSIDADE: Este pé no saco intergaláctico surgiu nos gibis, em
1959, como Duende Morcego. O nome Batmirim (aliás, que nome é esse,
gente?) apareceu apenas no desenho.

7- ANGÉLICA

DESENHO: RUGRATS - OS ANJINHOS
ANO DE ESTRÉIA: 1991

Temperamental, mandona, teimosa e mimada, essa pequena terrorista de
3 anos é a única que fala a língua dos adultos e entende o que os bebês
da turma dizem. Quer mais chatice? Tá bom: Angélica se acha o máximo e
é mestre em dar piti (berra, se joga no chão... ai, ai, ai). Vive
tentando sacanear os bebês, mas alguma coisa sempre dá errado em seus
planos maléficos. Ainda bem!

CURIOSIDADE: Na série Rugrats Crescidos (2003), que mostra as crianças 10 anos mais velhas, Angélica continua insuportável.

6- CONFUSO

DESENHO: CARANGOS E MOTOCAS
ANO DE ESTRÉIA: 1974

As estrelas desse cartoon antigaço são carrinhos animados: o
fusquinha Willie, sua namorada Rota e a Turma do Chapa, uma gangue de
motocas do mal em que Confuso era o mascote. Quando os vilões se
ferravam (ou seja, em todos os episódios), o pentelhíssimo Confuso
vivia repetindo para o Chapa: "Eu te disse! Eu te disse! Mas eu te
disse!"

CURIOSIDADE: No Brasil, o que eternizou a frase de Confuso foi a
dublagem estridente de Luiz Manoel, que fez também o Catatau, Bóbi
Filho e o Escoteiro de Brasinhas do Espaço.

5- SNARF

DESENHO: THUNDERCATS
ANO DE ESTRÉIA: 1985

Quando os Thundercats chegaram ao Terceiro Mundo, a missão de Snarf
era cuidar do jovem guerreiro Lion. Mas ele virou um medroso, resmungão
e atrapalhado, que várias vezes colocou a equipe em perigo. E como
chatice pouca é bobagem, depois de um tempo levou seu sobrinho
Snarfinho pra morar com ele! Mas Snarf tinha lá sua função: era ele
quem lavava, cozinhava e limpava tudo na Toca dos Gatos.

CURIOSIDADE: O verdadeiro nome do personagem era Osbert! Mas os
Thundercats só o chamavam de Snarf porque esse era o som que ele fazia
quando falava: "Snaaaaarf, Lion!"

4- HARDY

DESENHO: LIPPY E HARDY
ANO DE ESTRÉIA: 1962

Você conhece alguém muuuuito pessimista? Multiplique esse alguém por
mil e você talvez chegue perto da hiena Hardy, o chato mais velho de
nossa lista. Na hora de tentar um trambique, ele soltava um bordão prá
lá de lamurioso: "Oh, céus! Oh, vida! Oh, azar! Isso não vai dar
certo!" O leão Lippy ainda tentava dar um jeito no mau humor da hiena
chorona com o seu tradicional "Anime-se, Hardy", mas nunca rolava...

CURIOSIDADE: No Brasil, um dos dubladores da hiena foi o ator Lima
Duarte. Recentemente, Hardy ganhou uma sobrevida ao estrelar uma
propaganda de banco.

3- NED FLANDERS

DESENHO: OS SIMPSONS
ANO DE ESTRÉIA: 1989

Esse aí é mala por ser um tremendo nerd, quer dizer, Ned. Nenhuma
transgressão, nenhum pensamento impuro, nada de errado! Carola total,
Ned fala de modo polido e cria sozinho os filhos depois que sua mulher
morreu.

Sua casa é superarrumada e tem até abrigo nuclear! Os dogmas
religiosos o ajudam a superar a infância difícil: Ned se considera uma
criança traumatizada porque seus pais o incentivavam "a desenvolver sua
criatividade e independência". É mole?

CURIOSIDADE: Num episódio hilário, Ned pede a Homer que o ensine a
curtir a vida. Os dois embarcam para Las Vegas, tomam todas e acordam
casados com duas garçonetes bagaceiras!

2- SCOOBY-LOO

DESENHO: SCOOBY-DOO
ANO DE ESTRÉIA: 1979

Quando os produtores da Hanna-Barbera resolveram dar um sobrinho
para Scooby-Doo, não podiam ter feito uma escolha pior: o tampinha
Scooby-Loo tinha uma voz insuportável, era metido a valentão e
tagarelava como uma velha maluca, dizendo coisas como "Deixa que eu
pego ele! Deixa pra mim, tio Scooby!" Carrocinha nele!

CURIOSIDADE: Nos Estados Unidos, onde o malinha era conhecido como
Scrappy-Doo, os fãs do desenho original o apelidaram de "Crappy
Scrappy" (algo como "Scrappy de m..."). E a prova do quanto Scooby-Loo
era odiado veio no longa-metragem Scooby-Doo, de 2000: os roteiristas o
escalaram como vilão da história!

1- GORPO

DESENHO: HE-MAN
ANO DE ESTRÉIA: 1982

Esse anão voador foi parar em Etérnia após atravessar um portal
dimensional em seu planeta, onde garantia ser um grande mago. O nome do
planeta? Trolla. Fala sério: Trolha seria mais apropriado, pois
simplesmente todas as mágicas desse mala-mor davam errado! Mas o pior
vinha no final de cada episódio, quando o chato de carteirinha, chapéu
pontudo e cachecol voltava à tela para dar uma "edificante" lição de
moral em todos nós. Ah, vai tomar no Grayskull!

CURIOSIDADE: Nos Estados Unidos, o nome do personagem é Orko. No
Brasil, a mudança passaria batida, não fosse pelo enorme "O" que Gorpo
leva estampado em sua túnica. O comedião ainda tinha uma namorada,
Drielle, que também era chata até dizer chega.

fonte: mundoestranho.abril.com

VC Concorda?

6 Comments:

At 2:13 PM, Anonymous Anônimo said...

Sinto Informar o cambada de MALA, mas vocês estão por fora. Pokémom realmente é um lixo, sem nexo; e mais alguns, tipo He-Man q tbm nunca vi graça nenhuma. Agora ñ me venha falar mal das Motocas e Lippy e Hardy, pq esses desenhos são uns dos clássicos q deveriam de voltar a passar diariamente pra gente se distrair um pouco. Poderiam passar eles no horário daquela merda de BBB por exemplo!!

 
At 5:22 PM, Anonymous Anônimo said...

Seu anônimo de m* fica falando essas coisas de desenho, quem é você pra falar mal de desenhos infantis, o Mickey Mouse?

 
At 2:27 PM, Blogger Mayara said...

Em primeiro lugar devia estar o bob esponja!-----ODEIO BOB ESPONJA-------

 
At 2:19 PM, Anonymous Anônimo said...

Faltou a Uni....

 
At 2:39 PM, Blogger anonimo said...

pora meu faltou o bob esponja o cara e chato no utimo.............

 
At 11:37 PM, Blogger MR.crowly said...

O blog foi feito pelo mickey mouse por ter sido esquecido pq a revolta é fogo.
pokemon, he-man, até que vai, agora falta muito pra poder falar sobre algo, quanto mais falar >mal<.

 

Postar um comentário

<< Home